Histórias para dar dor de barriga Ep1 Blood Mary ou Maria Sangrenta

Bloody Mary (Maria Sangrenta), Hanako-san e a Loira do Banheiro. Pelo o mundo temos histórias que fazem parte das lendas urbanas locais. Mulheres que assombram os espelhos e, principalmente banheiros. Aparecem, quando alguém imprudente resolve invoca-las. Quem nunca, ficou com medo de entrar no banheiro da escola? Essas lendas urbanas são passadas de forma oral e… quem conta um ponto aumenta um pouco….

Ainda que, a Loira do Banheiro seja mais conhecida no Brasil, temos a Maria Sangrenta mais famosa nos EUA e, em outras culturas também existem variações desta lenda( que surgiram de forma independente), como a lenda urbana da Hanako-san do Japão.

Vamos falar primeiro da Maria Sangrenta, a expressão “Bloody Mary é anterior a própria lenda, tendo sido originada na rainha inglesa Mary I, da dinastia Tudor, cujo reinado foi marcado por fome, peste e perseguições religiosas. Rainha era perversa, ela matava suas vítimas com extremo sadismo.

Mary I

Ela costumava assistir as execuções de uma sacada que está localizada em Smithfields. Mary também mandou prender sua meia irmã Elizabeth na torre de Londres para tentar evitar que ela a destituísse de seu trono. Diante de múltiplos desafios em seu reinado de cinco anos, muitos decorriam do fato dela ser a primeira rainha inglesa a usar uma coroa por direito próprio, e não como esposa de um rei. Sua prioridade era a religião e ela implementava reformas e restrições que restaurariam a ascensão da Igreja Católica. Mas, ao mesmo tempo, ordenou que 280 protestantes fossem queimados em uma fogueira, mantando em nome de Jesus Cristo e da verdadeira igreja(Católica), fato que deu início a sua reputação de Bloody Mary.

Elizabeth I

Mary I morreu de câncer nos ovários, em 1558, no Palácio de St James. Um dos seus últimos gestos foi reconhecer a legitimidade de Elizabeth I como sua sucessora. Mary I foi sepultada na Abadia de Westminster, em um túmulo que é dividido com a irmã e grande rival Elizabeth I .

Tutorial:

Aprendendo a invocar Bloody Mary:

  • Entre no banheiro e apague as luzes. Feche a porta também, para que fique totalmente escuro. Além do mais, você precisa estar sozinho para chamá-la, então veja se ninguém o seguiu.
  • Coloque a vela acesa sob a pia em frente ao espelho.
  • Se não tiver um banheiro, tudo bem. É possível invocá-la em qualquer cômodo escuro e espelhado.
  • Olhe no espelho e diga “Maria Sangrenta” três vezes. Fique de olhos abertos e fale devagar para que ela possa ouvi-lo. Agora, é só esperar a aparição
  • Agora o Bagulho fida louco!!! Caso ela apareça você terá que acender a luz, apagar a vela, e correr… Caso ela pegue você… bom dá pra ter uma ideia do que irá acontecer…

E aí themôninhos, gostaram? Fiquem ligados que irei contar também a história da loira do banheiro e da Hanako-San…

2 Replies to “Histórias para dar dor de barriga Ep1 Blood Mary ou Maria Sangrenta”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *